Max Planilhas

Tipos de erro no Excel

tipos de erro no excel

Entender os tipos de erro no Excel pode não ser uma tarefa fácil, nos fazendo perder tempo e ter muita dor de cabeça, não é mesmo?

Sabendo disso, o time da Max Planilhas separou algumas dicas que podem ajudar você a entender o que o Excel tem a dizer e desta forma encontrar e solucionar erros rapidamente.

Para saber mais e aumentar o seu nível de conhecimento no Excel, continue conosco e acompanhe este artigo até o final.

1. #####

O erro ##### não é um problema na fórmula como muitos acreditam, mas apenas uma necessidade de ajuste na largura da célula ou um resultado em “horas” com valor negativo.

Se a largura da célula for insuficiente para apresentação do resultado, aumente a largura e veja se o problema será resolvido.

Agora se o problema for um resultado em horas com valor negativo, ajuste a fórmula para que o resultado se torne positivo ou formate a célula em questão com outro tipo de formato.

2. #VALOR!

O erro no Excel #VALOR! acontece quando utilizamos um tipo de argumento inválido para a fórmula em questão, impedindo que o Excel realize o cálculo.

Não é possível utilizar a função SOMA, por exemplo, para encontrar o resultado de A1 + A2 se a célula A1 tem um número e a célula A1 um texto.

Para corrigir o erro, revise os argumentos utilizados na fórmula, incluindo o tipo de formatação das células, alterando de “texto” para número”, quando necessário.

3. #DIV/0!

O erro #DIV/0! ocorre quando algum número na fórmula está sendo dividido por zero.

Para corrigir este tipo de erro, você pode alterar a referência de célula para outra célula ou inserir um valor diferente de zero na célula usada como divisor.

4. #N/D

O erro no Excel #N/D aparece quando um valor não está disponível para uma função ou fórmula.

Este tipo de erro costuma aparecer quando utilizamos um tipo de argumento inválido para funções como PROCH, PROC, CORRESP ou PROCV. Diante disso, revise a estrutura da sua fórmula e identifique se a lógica da estrutura de argumentos foi respeitada

Exemplo:

A função PROCV deve ser utilizada sempre que precisamos fazer buscas em uma tabela ou intervalo do Excel. Sua estrutura está dividida em 4 argumentos, são eles:

  • Valor procurado: Aqui você deve fazer referência a uma célula que contenha o valor a ser procurado;
  • Matriz tabela: Local onde você deseja procurar o valor;
  • Índice da Coluna: É o número que corresponde à coluna do dado que você deseja buscar.
  • Tipo de Correspondência: 0 para exato e 1 para aproximado.

=PROCV(valor_procurado;matriz_tabela;núm_índice coluna;[procurar_intervalo])

Sendo assim, revise a estrutura da função e veja se todos os argumentos estão sendo corretamente respeitados.

Você também pode clicar sobre cada item da síntese da função e apertar F9 para verificar de forma instantânea os valores de cada parte da função.

Veja o exemplo:

tipos de erros no Excel

Após clicar sobre o argumento “matriz tabela” e apertar o “F9”, conseguimos detalhar o argumento e verificar se existe algum tipo de erro:

erros do Excel

5. #REF!

O erro #REF! ocorre quando utilizamos um argumento que não existe.

Neste caso, basta revisar a fórmula e verificar quais das células citadas não existe na planilha.

6. #NÚM!

O erro no Excel #NÚM! ocorre quando temos valores numéricos inválidos em uma fórmula ou função.

Certifique-se de que os argumentos utilizados na função são números. Por exemplo, se o valor que você deseja inserir for R$ 100,00 insira 100 na fórmula para evitar esse tipo de erro.

Se você gostou deste conteúdo e deseja aprender mais sobre o Excel, clique aqui e se inscreva em nosso canal no YouTube.

Gostou deste Artigo?

Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhe WhatsApp

VEJA MAIS...

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
WhatsApp Chamar no Whatsapp